Portugal

Catarina Duff Burnay

Catarina Duff Burnay Coordenadora nacional

Catarina Duff Burnay é Pós-Doutorada em Ciências da Comunicação pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (2015) e Doutora na mesma área, com a tese “A Açorianidade na Ficção da RTP-Açores (1986-2007)”, pela Faculdade de Ciências Humanas (FCH) da Universidade Católica Portuguesa (UCP) (2010), Instituição onde iniciou a sua carreira académica, em 2002. Professora Auxiliar da FCH/UCP, é Coordenadora do Mestrado em Ciências da Comunicação, Investigadora do Centro de Estudos de Comunicação e Cultura (CECC) (linha de investigação Media, Technology, Contexts), e Coordenadora Nacional da equipa portuguesa para o Observatório Iberoamericano da Ficção Televisiva (OBITEL). As suas principais áreas de investigação são os estudos televisivos; produção local, inter e trans nacionalização da ficção televisiva, estratégias de produção e programação televisivas, públicos e audiências.

Pedro Lopes

Pedro Lopes Vice-coordenador nacional

Pedro Lopes, licenciado em História pela Faculdade de Letras de Lisboa, pós-graduação em Comunicação e Industrias Culturais e Mestrado em Comunicação, Cinema e Televisão pela Faculdade de Ciências Humanas (FCH) Universidade Católica Portuguesa (UCP). Tem ainda o título de Professor Especialista em Audiovisual e Multimédia atribuído pelo Instituto Politécnico de Lisboa. É, atualmente, professor de Comunicação Audiovisual do Mestrado de Audiovisual e Multimédia na Escola Superior de Comunicação de Lisboa e Professor de Ateliê de Guionismo na Universidade Católica Portuguesa. Simultaneamente exerce o cargo de Director de Conteúdos da produtora SP Televisão. Autor de inúmeras obras de ficção para cinema, televisão, teatro e literatura infanto-juvenil, venceu em 2011 o prémio especial do júri com a série Cidade Despida, no International Festival of Detective Films And Television Programs, em Moscovo, e o Emmy na categoria de Melhor Telenovela Internacional com Laços de Sangue, em Nova Iorque. Em 2013 foi nomeado para os prémios Sophia, da Academia Portuguesa de Cinema, na categoria de melhor argumento original com a longa-metragem Assim Assim. Em 2016 venceu com Coração d’Ouro a medalha de ouro de melhor telenovela internacional no New York Festival’s World’s Best TV & Films.

Pesquisadores associados

Pesquisadores associados

Marta Neves de Sousa é licenciada em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social, pós-graduada em Televisão pela Universidade Autónoma de Lisboa e Mestre em Ciências da Comunicação, especialização em Cinema e Televisão pela Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa. Já realizou inúmeros trabalhos em televisão como repórter e guionista, sendo pioneira na implementação de alguns formatos de entretenimento em canais generalistas portugueses. É, atualmente, pivô na Assembleia da República e na Televisão Pública portuguesa, RTP. Simultaneamente, é autora do blogue “The Coolunista”, cronista para várias publicações nacionais e Youtuber. Investigadora Associada da equipa portuguesa para o Observatório Iberoamericano da Ficção Televisiva (OBITEL) desde 2013.

© 2015 Sofarider Inc. All rights reserved. Theme by Dameer DJ.